ESCÂNDALO DE EXPLORAÇÃO SEXUAL NA PB: monsenhor Jaelson Alves estará de volta ao exercício sacerdotal: “falta de provas e de indícios”

Deltan Dallagnol fala de anulação da condenação do ex-presidente Lula e critica mudança do caso de Ricardo Coutinho na Calvário: “Frustrado”

MPPB: quatro promotores se inscreveram na lista tríplice para Procurador-Geral de Justiça; confira os nomes 

Dark Light

Citado há alguns anos no escândalo de exploração sexual na Arquidiocese da Paraíba, o monsenhor Jaelson Alves de Andrade estará de volta ao seu exercício sacerdotal.

De acordo com informações exclusivas do jornalista Luís Tôrres, o Vaticano tomou a decisão por falta de provas e de indícios consistentes que pudessem manter o sacerdote afastado.

Sobre o Monsenhor Jaelson Alves de Andrade

Foi o padre responsável pela Igreja Nossa Senhora Aparecida, localizada no Jardim 13 de maio, por mais de 10 anos. Nessa época, teria instituído uma regra que proibia meninas de atuarem como coroinhas. Ele também foi pároco da Catedral Basílica de Nossa Senhora das Neves, no Centro da Capital, e responsável pela construção da igreja matriz da Paróquia Santo Antônio do Menino Deus, no Jardim Cidade Universitária. Atualmente está afastado.

O post ESCÂNDALO DE EXPLORAÇÃO SEXUAL NA PB: monsenhor Jaelson Alves estará de volta ao exercício sacerdotal: “falta de provas e de indícios” apareceu primeiro em Polêmica Paraíba.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com