Veja o Vídeo do momento do acidente que vitimou a cantora paraibana Eliza Clívia, ex-Cavaleiros do Forró

0


A cantora paraibana Eliza Clívia, 36 anos, ex-vocalista da Banda Cavaleiros do Forró, e o marido, o baterista Sérgio Ramos, morreram no início da tarde desta sexta-feira (16) em um acidente de trânsito no centro de Aracaju, em Sergipe. Ela estava em um veículo de passeio que foi atingindo por um ônibus em um cruzamento nas esquinas das ruas Aruá e Maruim.

A cantora, que iniciou sua carreira solo há quatro meses, estava em Aracaju para a realização de entrevistas e de um show, que seria realizado na noite desta sexta-feira (16), segundo relatou o produtor Jailson Souza, ao G1. Eliza Clívia estaria na Paraíba no proximo dia 23 de junho para participar do São João de Caaporã.

Natural de Livramento, no Cariri da Paraíba, Eliza Clívia foi influenciada por seu pai sanfoneiro. A paraibana começou a carreira de cantora em Monteiro, Cariri paraibano, onde participou do grupo Big Banda, que depois mudou o nome para Laços de Amor. A projeção na carreira veio em 2003, quando ingressou na banda Cavaleiros do Forró, onde permaneceu por dez anos junto com Jaílson. Após problemas na banda, o casal entrou logo em seguida para o Forró Cavalo de Aço, ao lado de Marcelo Jubão e Neto Araújo. Em 2017, a cantora anunciou desligamento da banda para investir na carreira solo.

A prefeita de Livramento, Carmelita Ventura, que é prima da cantora, decretou luto na cidade em razão da morte da artista.