Senadores da PB gastam mais de R$ 756 mil com verba indenizatória em 2015; Cássio lidera ranking

0


Os senadores da Paraíba Cássio Cunha Lima (PSDB), José Maranhão (PMDB) e Raimundo Lira (PMDB) gastaram ao longo de 2015 a quantia de R$ 756.965,99. Os dados estão disponíveis no Portal da Transparência do Senado Federal.

O senador Cássio Cunha Lima, líder do PSDB no Senado, foi o campeão de gastos em 2015. Ele utilizou R$ R$ 451.208,56. A maior despesa do tucano foi relativa à contratação de serviços de apoio (R$ 207.327,20).

Com divulgação de atividade parlamentar, ele desembolsou a quantia de R$ 71.000,00. Com passagens áreas, os gastos foram na ordem de R$ 58.241,55 e com aluguel de imóveis para escritório político, o montante destinado foi de R$ 23.111,42.

O líder do PSDB tem em seus gabinete 26 servidores, sendo 21 comissionados, três efetivos e dois terceirizados. Já em seu escritório de apoio, trabalham 34 servidores comissionados.

O senador José Maranhão (PMDB), que retornou ao Congresso Nacional este ano, gastou R$ 178.646,34 no decorrer de 2015. O maior gasto do peemedebista foi com divulgação de atividade parlamentar (R$ 60.880,00), seguidos de gastos com passagens aéreas (R$ 47.255,58) e Correios (R$ 35.768,58).

O presidente do PMDB da Paraíba possui 15 servidores lotados em seu gabinete, sendo oito ocupantes de cargos comissionados, quatro efetivos e três terceirizados. Em seu escritório de apoio há 16 ocupantes de cargos comissionados.

Já o senador Raimundo Lira (PMDB), que conquistou a titularidade do mandato com a ascensão de Vital do Rêgo Filho ao cargo de ministro do Tribunal de Contas da União (TCU), gastou R$ 127.111,09 este ano. Assim como José Maranhão, o maior gasto de Lira foi com divulgação de atividade parlamentar (R$99.700,00). Com aluguel de imóveis para escritório político, ele desembolsou a quantia de R$ 10 mil.

Raimundo lira tem 14 servidores em seu gabinete, sendo 10 comissionados, um efetivo e três terceirizados. No seu escritório de apoio trabalham 15 pessoas.

 

 

Escrever comentário