Sandra Marrocos acusa Marco Antônio de ‘gritar’ que queria ser seu genro; vereador reage

0


A vereadora de João Pessoa, Sandra Marrocos (PSB), acusou o líder do governo, Marco Antônio (PHS), de ter supostamente gritado que queria ser genro dela, enquanto ela falava sobre o descaso da Funjope com os músicos. A declaração da socialista foi repudiada pelo parlamentar que insinuou um desequilíbrio da parlamentar.

“Enquanto eu falava, ele gritava aqui que queria ser meu genro. Não se preocupe que terá resposta isso que o senhor colocou. Respeite a minha filha, me respeite, respeite o meu genro e faça debate político aqui comigo nessa Casa”, disse Sandra Marrocos.

Já Marco Antônio acredita que a colega foi induzida ao erro e a aconselhou a fazer tratamento.

“Isso é, no mínimo, um desequilíbrio da vereadora. Eu estava atribuindo a vereadora ter ouvido mal, alguém ter dito alguma coisa à vereadora para ele ter vindo com sete pedras para o meu lado. Agora, ela mesma diz que ouviu. Quem começa a ver coisas onde não existe precisa de um tratamento urgente. A vereadora dizer que ouviu eu gritar aqui na Casa que eu queria ser genro dela é uma loucura da parte da vereadora Sandra Marrocos”, reagiu.

Comments are closed.