Romero se licencia da PMCG e dá prazo para definir se disputa eleições: “Em janeiro estou decidindo”

0


O prefeito de Campina Grande Romero Rodrigues (PSDB) vai entrar em recesso do comando da prefeitura por 15 dias. Na manhã desta quinta-feira (30), ele transferiu o cargo para o vice-prefeito Enivaldo Ribeiro (PP), que oficialmente inicia o período de interinidade na sexta-feira (1º). A licença do chefe do executivo municipal é do tipo não remunerada.

Na oportunidade, Romero ainda comentou sobre a desincompatibilização e deu um prazo para sua decisão de se candidatar a governador nas eleições de 2018. “Em janeiro estou decidindo. Não vou demorar muito, vou decidir. Não vou demorar para tomar a decisão, porque também pessoas dependem de mim, e não posso de certa forma deixar tudo vinculado a uma decisão própria. Até porque para sair da prefeitura precisa se afastar da prefeitura, renunciar o cargo, em função de tudo isso se faz necessário que a gente prepare esse ambiente”, afirmou o prefeito campinense.

O tucano ainda lembrou que como a ‘união das oposições’ pretende lançar um único candidato, sua decisão também converge com a de outros nomes. “O meu [período de decisão] e também de outras pessoas, que como eu precisam tomar decisão. E não posso travar a decisão dos outros em função de uma decisão minha”, destacou.

No ato da transferência de cargo, Romero fez questão de desejar boa sorte a Enivaldo na condução da Prefeitura nas próximas duas semanas e disse não ter dúvidas de que o município ficará em boas mãos. Enivaldo, por sua vez, desejou “um bom e merecido descanso” para Romero nas próximas duas semanas.

Comments are closed.