Por unanimidade, Câmara de Bayeux aceita pedido de cassação do prefeito afastado Berg Lima

0


A Câmara Municipal de Bayeux aceitou, nesta segunda-feira (17), o pedido de cassação do prefeito afastado Berg Lima (Podemos), por unanimidade. O documento que pede a saída definitiva de Berg do cargo foi apresentado pelo vereador de oposição, Adriano Martins (PMDB). Uma multidão acompanhou a sessão em frente à Câmara e nas galerias da Casa.

Na sessão extraordinária, também foi formada a Comissão Processante que analisará a cassação do gestor.

“A partir daí, a comissão notifica o prefeito para que no prazo de 10 dias ele apresente a sua defesa e arrole as testemunhas. Feita a defesa, a comissão vai deliberar se prossegue ou não com o processo, o que vai ser submetido ao plenário da Câmara. Eles vão deliberar se prosseguem ou não com processo”, explicou o procurador da Casa, Aécio Farias.

Depois de votado o parecer da comissão, a Casa já poderá deliberar ou não por um afastamento. Só então, inicia-se a fase de audiências e elaboração do parecer final, que também irá a plenário. De acordo com Aécio, todo o processo de cassação poderá durar no máximo 90 dias.

 

Comments are closed.