“Não creio que FHC insista em Luciano Huck”, afirma João Dória

0


Na Marquês de Sapucaí do Rio de Janeiro, o prefeito de São Paulo João Doria (PSDB) falou sobre as eleições deste ano.

O tucano, que já tentou se cacifar para concorrer ao Palácio do Planalto e agora caminha para disputar o governo estadual paulista, afirmou que as pesquisas eleitorais, “embora todas elas respeitáveis, têm pouco valor”.

Doria minimizou a aproximação do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso com o apresentador da TV Globo Luciano Huck, tido como pré-candidato à Presidência ainda sem sigla definida.

“Eu não creio que o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso insista no nome do Luciano Huck”, disse Doria. “Ele manifesta o seu carinho pelo Luciano Huck e fala também que é importante a renovação dentro da política brasileira e acho que todos estão de acordo com isso”, afirmou o prefeito.

Alckmin “evoluiu”

Doria foi questionado pelo repórter Jovem Pan Rodrigo Viga sobre a “incoerência” em pregar um discurso pró-renovação e ao mesmo tempo apoiar o governador Geraldo Alckmin na disputa ao Planalto. O prefeito respondeu que “a renovação não está exatamente na biografia de uma pessoa, mas em suas ideias”.

Doria disse que Alckmin “evoluiu ao longo do tempo” e “vem aprimorando os seus próprios pensamentos”.

“O Geraldo Alckmin de hoje é muito mais liberal que o Geraldo Alckmin de 2006 que disputou as eleições presidenciais, que realiza programas de desestatização no Estado de São Paulo, coisa que em 2006 provavelmente ninguém imaginaria”, elogiou Doria.

 

UOL

Comments are closed.