Cartaxo garante recurso para obra da barreira do Cabo Branco: “Nunca foi o problema”

0


O prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PSD) afirmou nesta quinta-feira (30) que a verba necessária para a obra de contensão da erosão da barreira do Cabo Branco “não é o problema” para sua execução e criticou a condução da Superintendência de Administração do Meio Ambiente (Sudema), órgão do Governo do Estado, para a liberação da licença prévia necessária para a licitação do projeto.

“Esse nunca foi o problema central [recurso]. O problema central foi a liberação [da licença prévia, que autoriza o processo licitatório da obra]que passou 14 meses lá [na Sudema]. O problema é a gente tem as condições, as autorizações para poder executar as obras”, disse.

Ainda para o prefeito, a Sudema demonstrou falta de interesse de facilitar a resolução do problema da barreira do Cabo Branco.

“O que pedimos há 14 meses, a Sudema resolveu em 24 horas, então isso demonstra para gente que se tivesse o interesse maior, se tivesse olhado com mais carinho, tivesse dado prioridade, tinha entregue [a licença]mais rápido. Agora vamos trabalhar o processo fundamental que é a parte de licitação, que tem prazo específico para em seguida pensarmos na execução da obra”, declarou.

De acordo com a secretária de Planejamento da Prefeitura de João Pessoa, Daniella Bandeira, a primeira parte do projeto é orçada em R$ 12 milhões, que compreende a parte de drenagem e pavimentação do local. O valor, segundo o prefeito, já está no caixa da prefeitura. A obra total custará cerca de R$ 80 milhões.

Comments are closed.